segunda-feira, 2 de junho de 2014

IT'S A TRAP - Ciências Humanas e as Ciências Sociais

O primeiro post sobre Sociologia faz uma análise sobre as diferenças entre Ciências Huamanas e Sociais e Ciências Naturais e Exatas.

   Sem dúvidas, um dos períodos mais positivos para o pensamento científico foi na épica entre o século XVII e XVIII, onde ocorreram várias Revoluções, como a Científica e a Industrial. Desde então, o ser humano começou a pensar em uma forma de controlar e entender os fenômenos naturais e os males do corpo humano, com um objetivo social. Foi então que foram surgindo ciências que colocavam o próprio sujeito observador em observação, ou seja, o humano que estudava estudava a si mesmo e, aos outros humanos. Com ciências como a História, Psicologia, Geografia, Linguística, as Humanas, que a sociedade começou a ser objeto de reflexão. Já as sociais, investigam as dinâmicas humanas. Sendo elas, a Antropologia, Sociologia, Ciência Política.
   No entanto, as duas podem ser "classificadas" no mesmo grupo, pois elas buscam interpretações, elas possuem subjetividade, parcialidade e multicausalidade na hora de analisar e estudar. Além disso, ambas tem como o objeto de estudo fenômenos culturais e políticos.
   O grupo rival é o grupo das Exatas. Quando se iniciou o pensamento científico e, brevemente a ciência teve mais influência que a Igreja, começou a se tratar tudo que a ciência dissesse, como um saber, superior a qualquer crença. Pois aí que está o lance das Naturais e Exatas: elas tem respostas objetivas. Elas tem respostas exatas. Não precisa de interpretação, nem do fator psicológico. Uma pessoa com mau caráter e a melhor pessoa do mundo chegam a conclusão que 2 + 2=4, diferente das Sociais, onde cada um teria uma interpretação sobre algum assunto.  Por isso, podemos afirmar que o objetivo das ciências naturais e exatas é o estudo dos fenômenos da natureza para buscar a exatidão. 
   Mas, nem sempre as duas foram separadas. Antigamente, as Ciências Humanas também buscavam a exatidão, buscavam a objetividade. Por isso, a primeira escola de pensamento sociológico, conhecida como Positivismo (fundada por Auguste Comte), foi influenciada por uma idéia de verdade absoluta. 
   Mas, logo com o tempo, foi percebendo-se que o estudo das Humanas é bem diferente do das exatas. E, assim, interpretações de diversos pensadores foram aparecendo. Afinal, nas Ciências Humanas e Sociais não é possível chegar a conclusão de algo num laboratório e, sim observando os fenômenos sociais.

0 comentários:

Postar um comentário